terça-feira, 9 de abril de 2013

Aeroporto regional retoma obras de ampliação

Juazeiro do Norte

Orçadas em R$ 2,1 milhões, as obras iniciarão ainda este mês e estão previstas para entrega em 22 de julho

As obras de ampliação do Aeroporto Orlando Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte (493,4 km de Fortaleza), serão retomadas na segunda quinzena deste mês. A nova licitação, homologada hoje, garante a construção de dois Módulos Operacionais de Passageiros (MOPs), compostos por salas de embarque e desembarque, pela empresa vencedora, a baiana Life Construtora. A reforma, orçada em R$ 2,1 milhões, deverá ser entregue no próximo 22 de julho, data em que a cidade comemora 102 anos.

Atualmente, de acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Portuária (Infraero), o aeroporto de Juazeiro possui capacidade para receber 150 mil passageiros por ano, tendo registrado, em 2012, um movimento de 451 mil. Com a ampliação, o espaço deverá comportar cerca de 800 mil passageiros anualmente. “Com a conclusão dos dois módulos e algumas reformas internas no terminal de passageiros, creio que vamos conseguir atender a nossa demanda”, avalia Roberto Germano, superintendente do aeroporto Orlando Bezerra de Menezes.

Roberto Celestino, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico de Juazeiro do Norte, classifica a obra de ampliação como “emergencial e provisória”. “Essa era uma obra para atender a essa demanda urgente. Para se ter ideia, o nosso terminal é o que transportou (em 2012) mais passageiros por metro quadrado no Brasil”, diz. Segundo Celestino, a intenção é que seja construído um futuro terminal de passageiros, com capacidade para 1,5 milhão de pessoas e início das obras previsto para 2015.

Além disso, informa o secretário, o aeroporto de Juazeiro também receberá uma reforma em sua pista de pouso, a ser realizada com recursos provenientes do plano de investimentos do Governo Federal para a aviação regional, através da Secretaria de Aviação Civil (SAC). “Apesar de precisarmos de um terminal de passageiros maior, o que precisamos mais é de uma melhoria na nossa pista. É uma pista que não permite descer nem o menor avião cargueiro em operação no Brasil. Ainda assim, Juazeiro transporta muita carga nacional através do aproveitamento dos porões em aeronaves de passageiros”, completa Celestino.

Obras abandonadas

As obras de ampliação do aeroporto Orlando Bezerra de Menezes estavam paradas desde meados do ano passado, quando a empresa Eurobravin, construtora responsável pelo projeto, abandonou a reforma, que possuía prazo de entrega estipulado para setembro de 2012.

Segundo a Infraero, a empresa descumpriu o que estava previso no edital de licitação e teve o seu contrato cancelado.

ENTENDA A NOTÍCIA

Paradas desde meados de 2012, as obras de ampliação do aeroporto Orlando Bezerra de Menezes serão retomadas na segunda quinzena deste mês. Aeroporto terá capacidade para receber até 800 mil passageiros/ano.

Saiba mais

O aeroporto Orlando Bezerra de Menezes atende as regiões centro sul do Ceará, noroeste de Pernambuco, alto sertão da Paraíba e sudoeste do Piauí.

Apenas no primeiro trimestre de 2013, de acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Portuária (Infraero), o aeroporto recebeu, entre embarques e desembarques, 91.962 passageiros.

Atualmente, três empresas operam no aeroporto de Juazeiro: a Gol, a Azul e a Avianca, responsáveis por seis voos regulares. A partir de 29 de abril, a Trip também passará a operar com mais dois voos.

A Infraero é a responsável, desde março de 2012, pela manutenção, administração, operação e exploração do aeroporto Orlando Bezerra de Menezes. Antes, a responsabilidade cabia ao Governo do Estado do Ceará.

http://www.opovo.com.br/app/opovo/co...mpliacao.shtml

domingo, 7 de abril de 2013

Governo do estado doará o terreno para a instalação da UFCA


Governador Cid Gomes fará a desapropriação dos terrenos para a UFCA.

Segundo o site Juanorte, o governador Cid Gomes garantirá a desapropriação dos terrenos necessários para a instalação da reitoria e campus da UFCA, ampliando a área existente atualmente do Campus Cariri da UFC.
Certamente cansado da ineficiência da prefeitura (na administração passada ninguém conseguia oferecer andamento para os assuntos importantes para a cidade), o reitor Jesualdo Farias deve ter procurado o governador e finalmente conseguiu resolver o problema das desapropriações. A aprovação total da UFCA já está nos trâmites finais.
 
 
Fonte: Cidadejua

A Trip vai operar em Juazeiro do Norte!







Segundo informações do Jornal da Tarde da FM Pe. Cícero, a empresa aérea Trip vai operar em Juazeiro do Norte com 02 voos diários para Recife, ida e volta, a partir de 29 de abril com preço promocional de R$ 109,00. Uma boa notícia após a saída Passaredo. E vale lembrar que a Trip tentou sua vinda no ano passado, mas a Infraero negou o pedido na época.

Paralelamente, o site Portal de Juazeiro informa que a Life Construtora de Salvador foi a empresa vencedora da licitação do Módulos Operacionais, e se espera que comece suas obras na segunda quinzena deste mês de abril.
No site Tudo de Viagem conseguimos esta tabela com o horário dos voos da Trip:
 
Fonte:CIDADEJUA

Recife- Juazeiro do Norte - Recife
Origem
Saída
Destino
Chegada
Frequência
Recife
9h30
Juazeiro do Norte
11h00
Exceto aos Domingos
Juazeiro do Norte
11h30
Recife
13h03
Exceto aos Domingos
Recife
17h02
Juazeiro do Norte
18h30
Exceto aos Sábados
Juazeiro do Norte
19h00
Recife
20h30
Exceto aos Sábados 

Fortaleza será a primeira cidade nordestina a sediar o UFC; confira o card





Ginásio Paulo Sarasate será palco do Ultimate de junho (Foto divulgação)O card do TUF Brasil 2 Finale já está fechado com 13 lutas, mas faltava definir o palco do espetáculo. Faltava. Segundo apurou a TATAME com fontes seguras, o Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza, Ceará, está confirmado como sede do maior evento de lutas do mundo no dia 8 de junho.
Esta será a primeira edição do Ultimate no nordeste brasileiro, a sétima desde o retorno da franquia ao país, em 2011. Antes, o evento de Dana White realizou shows no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo, além do já anunciado show em Santa Catarina.
A luta principal da noite será entre Rodrigo Minotauro e Fabrício Werdum, técnicos da segunda edição do reality show The Ultimate Fighter Brasil 2. Na mesma noite será definido o campeão da temporada, que é exibida ao vivo na TV Globo.
Baiano, Minotauro faz o main event contra Werdum (Foto UFC)Entre os 24 atletas já confirmados na programação estão seis lutadores nordestinos: Rodrigo Minotauro, Rony Jason, Caio Monstro, Ronny Markes, Godofredo Pepey e Raphael Assunção. Confira abaixo o card completo do show:
CARD COMPLETO:
TUF Brasil Finale 2
Ginásio Paulo Sarasate, Fortaleza, Ceará
Sábado, 8 de junho de 2013
Rodrigo Minotauro x Fabricio Werdum
Finalista 1 x Finalista 2
Rafael Feijão x Thiago Silva
Rony Jason x Mike Wilkinson
Daniel Sarafian x Eddie Mendez
Erick Silva x John Hathaway
Ronny Markes x Derek Brunson
Ildemar Marajó x Jason High
Raphael Assunção x Vaughan Lee
Antônio Braga Neto x Anthony Smith
Caio Monstro x Karlos Vemola
Godofredo Pepey x Felipe Sertanejo
Rodrigo Damm x Mizuto Hirota

http://www.tatame.com.br/fortaleza-sera-a-primeira-cidade-nordestina-receber-o-ufc-em-junho/

terça-feira, 26 de março de 2013

Gal Costa e Jorge Vercilo em Juazeiro do Norte.


Lançamento S&A Empreedimentos. Residencial Juscelino Kubitschek

Residencial JK. O Mais novo Empreedimento da S&A . Um empreedimento do Grupo do deputado federal Manoel Salviano.

fonte da foto: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=361222383955582&set=a.275777932500028.65690.100002034714670&type=1&theater

Video do Empreedimento.

O Empreendimento será localizado no Bairro Lagoa seca nas proximidades da  Justiça Federal de 1ª Instância Seção Judiciária. 

Lançameto Pátio Cariri

Festa de assinatura dos contratos do Pátio Cariri - 18/03/2013

No dia 26 de Fevereiro de 2013 foi realizada no Pasto & Pizza de Juazeiro a festa em comemoração as assinaturas dos contratos definitivos do Pátio Cariri. Mais um lançamento de sucesso da WR Engenharia.

Natália Pitkowski

Inauguração dos cinemas no cariri Shopping.

Comunicado oficial do shopping sobre os cinemas

Hall de entrada dos cinemas será liberado.
Hall de entrada dos cinemas será liberado.
 
 INFORME CARIRI GARDEN SHOPPING - 18 DE MARÇO DE 2013
O Cariri Garden Shopping, administrado pela Tenco Shopping Center, informa que as obras para finalização do cinema estão a todo vapor. Toda parte estrutural do complexo está praticamente finalizada e, a partir do próximo mês (abril), a Orient Filmes, empresa responsável pelo cinema, iniciará a montagem das salas para que, em agosto, já possamos desfrutar de um novo complexo, com novas salas no formato stadium e tecnologia 3D. O complexo vai preencher uma demanda da região por um cinema moderno e confortável e consequentemente, atendendo um grande número de espectadores.
É de grande interesse do Cariri Garden Shopping e da Orient Filmes que possamos, o quanto antes, proporcionar a todos o tão esperado cinema para a região. Sabemos da expectativa, mas reforçamos nosso empenho na conclusão desta obra, visando garantir à população lazer e entretenimento de primeira qualidade. Durante este período, o shopping continuará trabalhando para trazer grandes eventos culturais para a região, visando preencher esta lacuna. 
Reafirmamos ainda nosso compromisso em oferecer um excelente complexo: serão 6 amplas salas no formato Stadium, sendo uma sala 3D, snack bar e mais de 1.300 lugares. Alta tecnologia, conforto e comodidade para todos os espectadores.
No início desta semana, o hall de entrada de acesso ao cinema será aberto e vai integrar o espaço do shopping. 
Agrademos a compreensão e nos colocamos à disposição.
Eduardo Duffles
                               Gerente de marketing do Cariri Garden Shopping

Fonte:cidadejua

Cento de Formação Olímpica do Ceará. O maior do Brasil.


De olho no Rio 2016

Berço de superatletas


Novo Centro de Formação Olímpica visa transformar Estado em polo formador de atletas de alto nível

De acordo com o projeto, o Centro de Formação Olímpica (CFO), que ficará em frente ao estádio Castelão, abrigará, ao todo, 26 modalidades, especialmente as olímpicas, tais como caratê, judô e natação


Dar ao Ceará status e estrutura para se tornar um estado formador de atletas de alto nível. Esse é o objetivo do Centro de Formação Olímpica (CFO), um espaço idealizado pelo governo estadual e cujo edital para o início das obras deve ser lançado ainda nesta semana.

"O governo está lançando um Centro de Formação Olímpica para transformar o Estado num verdadeiro celeiro de atletas de alto rendimento visando reforçar o País nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016", define o superintendente do Departamento de Engenharia e Arquitetura (DAE) do governo estadual, Quintino Vieira.

"Este espaço abrigará 26 modalidades, principalmente olímpicas, como futebol de campo, natação, judô e caratê", ressaltou o superintendente do DAE.

"E o CFO, através do esporte, proporcionará mais qualidade de vida, mais oportunidades e desenvolvimento aos atletas de comunidades carentes, mas com potencial para representar o Brasil em eventos internacionais", destaca Quintino Vieira.
Quintino Vieira promete a inauguração do novo espaço para novembro de 2014 FOTO: LUCAS DE MENEZES
O dirigente revela que quando da apresentação do projeto do CFO, em Brasília, "a presidente da República Dilma Roussef apoiou a ideia 100%, pois sentiu que é uma estrutura de que o Nordeste precisa. Nós tivemos também várias reuniões com o Ministério do Esporte e o ministro Aldo Rebelo também aprovou esse projeto do CFO".

Licitação

Quintino Vieira adianta que o projeto CFO deverá estar na praça para licitação nesta semana. "Estamos fechando uma RDC (Regime Diferenciado de Contratação), que é um sistema de licitação diferenciada lançada pelo próprio governo federal".

E foi além o superintendente do DAE: "e se Deus nos garantir esta felicidade, até junho deste ano deveremos estar iniciando as obras do CFO, que será implantado em frente ao Estádio Plácido Castelo, o Castelão, numa área que anteriormente era ocupada pelo Banco do Brasil".

Segundo o projeto, o CFO será o mais moderno complexo esportivo do País e um dos mais modernos do mundo. "Representantes de outros países deverão visitar nossa Capital para colocar instrutores à disposição do nosso Estado para revelarmos atletas de alto rendimento", emenda Quintino Vieira.

Recursos

No total, informou o superintendente do DAE, serão aplicados R$ 260 milhões, "dos quais 200 milhões já estão garantidos pelo acordo com governo federal, Ministério do Esporte e governo do Estado do Ceará", disse Quintino Vieira, que acredita que a construção do Centro de Formação Olímpica deverá mudar o cenário esportivo nacional.

"O Brasil, quando quer formar grandes atletas, manda-os para os Estados Unidos e Europa. E nós vamos ter aqui no Ceará um Centro Olímpico de excelente nível, com instrutores de elevado nível profissional".

O superintendente do DAE informa que o CFO estará pronto em novembro de 2014.
Complexo terá ginásio para 17 mil torcedores

O Centro de Formação Olímpica contará com um ginásio coberto, de padrão internacional, para receber 17 mil espectadores nos eventos de quadra - futebol de salão, basquete, vôlei etc -, podendo ser ampliada no caso de competições de MMA e boxe.

"Além do ginásio, o CFO contará com um hotel para receber até 262 pessoas, pista de atletismo, campo na dimensões oficiais, espaço para ginástica olímpica, piscinas olímpicas para natação, nado sincronizado e saltos ornamentais para que nossos atletas possam treinar visando os Jogos Rio 2016", reforça o superintendente do DAE.

E o prazo de entrega do CFO, novembro de 2014, "não pode ser extrapolado um dia sequer, porque haverá multa para a empresa que ganhou a licitação", assegura Quintino Vieira.
MOACIR FÉLIX
REPÓRTER

Fonte:DN

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Campus da Fiocruz em Fortaleza recebe certificado Aqua na fase programa




O empreendimento terá usinas de energia eólica para alimentar parte do consumo de eletricidade nas áreas externas do campus

O projeto do campus da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) em Fortaleza, que abrigará as atividades de ensino de pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado) e pesquisas de caráter social e biomédico, recebe, na fase programa, a certificação Processo Aqua (Alta Qualidade Ambiental), chancela internacional da construção sustentável baseada no processo francês Démarche HQE (Haute Qualité Environmentale).

O complexo educacional e de pesquisa utilizou o sistema construtivo de concreto moldado in loco e foi concebido dentro de conceitos de sustentabilidade, que incluem, por exemplo, a gestão da água, de energia e de resíduos.

Entre as soluções a serem adotadas está implantação de usinas de energia eólica, para alimentar parte do consumo elétrico das áreas externas do campus; o uso de águas não potáveis (de chuva e esgoto tratado) nos vasos sanitários, mictórios e irrigação; a utilização de brises nas fachadas de vidro, para reduzir a carga térmica dos edifícios e diminuir o uso do ar condicionado; e a implantação de depósitos para a coleta seletiva dos resíduos recicláveis e não recicláveis.

Um dos prédios campus será exclusivo para pesquisas em laboratório e alguns deles com risco biológico de nível três – ambientes que requerem cuidados específicos em relação à filtragem e exaustão de ar. Para isso, a renovação de ar será garantida pelo sistema de ventilação das edificações.

O empreendimento terá um sistema de automação predial, para controle e monitoramento da climatização, irrigação, geradores, iluminação, elevadores, incêndio e detecção de vazamento de GLP nas edificações.

Segundo o coordenador executivo do Processo Aqua, Manuel Reis Martins, “características importantes do empreendimento e da Fiocruz contribuíram para que o perfil mínimo de desempenho ambiental necessário para a certificação fosse superado, como a coerência das diretrizes de projeto do manual da Fiocruz; a definição precisa das etapas do empreendimento; a verificação, antes do início da obra, de todos os projetos executivos pela equipe de coordenação; a realização de estudos preliminares para direcionamento adequado do projeto, como o ensaio de capacidade de absorção do solo para validar a solução de infiltração por valas, entre outros”.

O projeto é fruto de uma parceria entre a Fiocruz e a empresa de arquitetura e engenharia cearense Architectus. Sendo o plano diretor e o projeto conceitual desenvolvidos pela fundação e as etapas de anteprojeto e projeto executivo desenvolvidas pelo escritório de arquitetura. A construção teve início em janeiro de 2013 e a conclusão está prevista para dezembro de 2014, no município de Eusébio, localizado na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

A consultoria de sustentabilidade no projeto foi desenvolvida pela Architectus com a empresa CTE (Centro de Tecnologia de Edificações) e em parceria com a equipe de arquitetos da Fiocruz.

Soluções de sustentabilidade Campus Fiocruz em Fortaleza

Recuperação das áreas de preservação existentes nas proximidades do terreno.
Presença de ciclovia e de bicicletários para os usuários das edificações.
Especificação de coberturas verdes em algumas das edificações.
Presença de serviços para os usuários (correio, banco, livraria, lanchonete etc).
Preferência pela utilização de materiais fabricados a menos de 300 km da obra.

Gestão da água

Utilização de dispositivos economizadores: vasos sanitários com caixa acoplada e acionamento dual flush, torneiras e mictórios com fechamento automático etc.
Tratamento das águas cinzas e negras (esgoto).
Utilização de águas não potáveis (água de chuva e esgoto tratado) nos vasos sanitários, mictórios e irrigação.
Especificação de espécies nativas ou adaptas ao clima, que consomem menor quantidade de água.
Sistema de irrigação eficiente considerando as demandas das espécies de vegetação especificadas.
Implantação de sistema de irrigação eficiente que utiliza água não potável.
Infiltração das águas de chuva no solo através de valas drenantes.

Gestão de energia

Geração de energia eólica, por meio da implantação de usinas que alimentarão parte do consumo elétrico das áreas externas do campus.
Energia eólica, geração de energia eólica, por meio da implantação de usinas que alimentaram o consumo de eletricidade das áreas externas do campus.
Simulação computacional para avaliar a eficiência energética dos edifícios.
Sistema de ar condicionado com alta eficiência.
Sistema de ar condicionado que utiliza gases refrigerantes com baixo impacto a camada de ozônio.
Instalação de sistema de automação predial para controle e monitoramento dos sistemas das edificações, incluindo climatização, irrigação, geradores, iluminação, elevadores, incêndio e detecção de vazamento de GLP.
Utilização de lâmpadas LED nas áreas externas do empreendimento.
Fachadas de vidro para proporcionar a entrada de luz, reduzindo o consumo de energia do sistema iluminação.
Presença de brises nas fachadas de vidros, para minimizar o aumento da carga térmica dos edifícios e diminuir o uso do ar condicionado.
Utilização de vidros com baixo fator solar.
Especificação de cores claras nas fachadas.

Gestão de Resíduos

Implantação de depósitos para a coleta seletiva de resíduos recicláveis e não recicláveis
Plano de gestão de resíduos sólidos para orientar funcionários, visitantes e a equipe de manutenção das edificações.

http://blogs.diariodonordeste.com.br...fase-programa/